Como funciona o financiamento do imóvel passo a passo!

0

O financiamento imobiliário é uma das opções mais atrativas para quem quer adquirir um apartamento, mas não possui reserva suficiente para adquirir à vista. Para conseguir a aprovação do crédito, você terá que reunir algumas documentações e seguir um processo. E quanto mais você conhecer sobre essas condições, mais preparado estará para fazer uma compra tranquila.

Para ajudar, preparamos um guia que detalha cada fase do processo de aprovação do financiamento. Confira como funciona o financiamento do imóvel passo a passo!

Condições Gerais para Financiar um Imóvel

Para ter direito ao crédito, primeiramente, você deve atender alguns pré-requisitos. São eles:

  • Ter mais de 18 anos ou ser emancipado;
  • Ser brasileiro nato, naturalizado ou (se for estrangeiro) deve ter visto permanente no País;
  • Ter capacidade civil, ou seja, não ser menor que 16 anos; não possuir enfermidade ou deficiência mental que impeça o discernimento; ter capacidade de exprimir a própria vontade, mesmo transitoriamente; e não ser usuário habitual ou viciado em drogas;
  • Não ultrapassar 80 anos e seis meses na soma da sua idade ao prazo de pagamento do financiamento;
  • Não ser proprietário e não estar em processo de compra de outro imóvel residencial na mesma cidade em que reside, caso queira utilizar o FGTS.

Simulação de Pagamento

Para fazer uma pré-avaliação da sua renda e ter uma ideia de valor das parcelas, você pode fazer uma simulação de pagamento. A maioria dos bancos oferece simuladores em seus sites.

A simulação também é bastante importante para você entender melhor que tipo de imóvel terá condições de adquirir. Assim é possível evitar se encantar por um que está fora de suas possibilidades ou deixa de comprar um melhor por acreditar que não terá renda suficiente para pagar.

Situação do Imóvel

Ao estar consciente sobre o valor que provavelmente poderá financiar, você poderá escolher o imóvel que melhor atender suas necessidades. Neste momento, é muito importante verificar se a opção escolhida está com a documentação em ordem. Ele deve ter:

  • Registro no Cartório de Imóveis;
  • Não pode ter qualquer pendência judicial.

Entrega da Documentação

A instituição financeira irá exigir algumas documentações para liberar o financiamento. Como, por exemplo:

  • RG e CPF, inclusive do cônjuge, se for o caso;
  • Comprovante de status civil;
  • Certidão Conjunta Negativa de Débitos relativos a Tribunais Federais e Dívida Ativa da União ou
  • Certidão Conjunta Positiva com Efeito de Negativa desses mesmos débitos;
  • Extrato do FGTS e Certidão Negativa de Propriedade de Imóvel, se for usar este recurso;
  • Comprovante de renda (também do casal, se for o caso, que inclui holerite, extrato bancário e declaração de Imposto de Renda – IR).

Trâmites Internos do Banco

Depois de reunir essa documentação, a instituição financeira irá avaliar o imóvel. O valor de avaliação servirá como base para determinar o quanto poderá ser financiado de acordo com as regras do banco escolhido.

Registro e Assinatura

A última fase é assinar o contrato e enviar para registro no Cartório de Imóveis, isso é fundamental para finalizar a transação de compra e venda do imóvel.
Com essas informações em mãos, você já está mais preparado para fechar negócio. Boa sorte! 

Sobre o autor

Avatar

Desde 1964 construindo uma trajetória de qualidade e solidez.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: