Taxa Selic a 2,75%a.a.: Qual o impacto no mercado imobiliário?

Taxa Selic a 2,75%a.a.: Qual o impacto no mercado imobiliário?

Última atualização há 4 semanas.

No último dia 17 de março o Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central anunciou a nova taxa básica de juros, que subiu dos históricos 2%a.a. para 2,75%a.a.

A ação foi motivada pela alta da inflação. No início da pandemia, para conter uma crise econômica maior, o objetivo da taxa baixíssima foi movimentar a economia.

Agora, diante da constante alta dos preços, foi necessária essa ação para conter o consumo. Quanto mais dinheiro circula no mercado, mais a inflação reage para cima.

Ainda é um bom momento para financiar um imóvel?

O mercado da construção surpreendeu durante a pandemia e registrou aumento do número de venda de imóveis e de aquisição de crédito imobiliário. 

Uma das motivações foi as baixas taxas de juros, que, enquanto prejudicou a rentabilidade dos investimentos, movimentou a busca por imóveis.

Outro fator que impulsionou as vendas foi o isolamento social e a tendência do home office, que valorizou a importância de um lar confortável e criou novas necessidades.

Oportunidade pode passar

A previsão do Copom é chegar em 3,5% ainda em maio deste ano e em 5%a.a. até 2022. O que isso significa?

Quanto mais alta a taxa Selic, maiores os juros do financiamento imobiliário, que ainda estão baixíssimos. Porém, aumentando a taxa básica de juros, o crédito pode ficar mais caro.

Sendo assim, agora é o momento ideal para tomar uma decisão de compra. Enquanto a taxa ainda se mantém baixa, os juros do crédito imobiliário continuam atrativos. O valor atual da taxa é fixado para todo período do financiamento.

Como os juros devem demorar um tempo para serem repassados, ainda é previsto mais expansão para o mercado de imóveis. A Abecip prevê um aumento de 27% no volume de financiamentos imobiliários em 2021.

Avatar

Tibério Construtora

Desde 1964 construindo uma trajetória de qualidade e solidez.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: