Nova linha de financiamento imobiliário do Itaú oferece taxa de 3,99%a.a.

0

O banco Itaú anunciou uma nova modalidade de financiamento imobiliário que considera uma taxa de juros de apenas 3,99%a.a. mais o rendimento da caderneta de poupança.

A linha de crédito residencial se diferencia das tradicionais por considerar uma taxa fixa, por sinal bastante baixa, mais uma taxa variável, o que traz neste momento uma grande vantagem.

Cenário favorável

A poupança rende de acordo com a taxa Selic, que está em 2% a.a., seu mais baixo patamar histórico. Hoje este rendimento é de 1,4% a.a.

Isso significa que nesta modalidade de financiamento os juros serão de 5,39%a.a. (taxa fixa de 3,99% + 1,4% do rendimento da poupança), um dos mais atrativos do mercado.

Mesmo sendo reajustado de acordo com a taxa Selic, o rendimento da poupança possui um teto máximo de 6,17%a.a., ou seja, por mais que a inflação aumente, este financiamento não passaria de 10,16%a.a. (3,99% + 6,17%).

Nessa linha de financiamento imobiliário, o saldo devedor também é atualizado pela TR (Taxa Referencial), que continua em 0%. 

Leia também:

5 Motivos para comprar um imóvel na pandemia

Como um imóvel pode gerar rendimentos para você e sua família

Taxa Selic cai novamente e atinge 2% ao ano

Pandemia cria novas necessidades e valoriza mercado residencial

Condições da linha de crédito

Válido apenas para imóveis residenciais, os requisitos desta modalidade seguem os mesmos normalmente praticados pelo mercado.

O valor concedido não pode ultrapassar 82% do preço do imóvel e a prestação não deve comprometer mais que 30% da renda do comprador. O prazo é de até 30 anos – 360 meses.

O FGTS pode ser utilizado na entrada no caso de imóveis prontos e na amortização do saldo devedor.

Podem ser incluídos no valor total do financiamento despesas com ITBI e escritura, desde que não ultrapasse 5% do valor do imóvel e a soma total não ultrapasse o limite de 82%.

Sobre o autor

Avatar

Desde 1964 construindo uma trajetória de qualidade e solidez.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: