Cuidados com o box do banheiro para evitar acidentes

0

Instalado em sua maioria com chapas de vidro, o box do banheiro são os responsáveis por grande parte dos acidentes domésticos. O material, apesar de resistente e seguro, apresenta certa fragilidade, especialmente diante de impactos mecânicos e choques térmicos.

Falhas no processo de produção do vidro também podem causar quebras espontâneas. Devidos aos riscos, o vidro indicado pela norma técnica de box de banheiro – ABNT NBR 14.207 é o vidro temperado, que possui uma resistência cinco vezes maior que do vidro comum.

Considerado um vidro de segurança, o vidro temperado em caso de quebra estilhaça em pequenos pedaços menos cortantes. Já o vidro comum despedaça em grandes partes pontiagudas com alto potencial de corte, tornando-se um grande risco para crianças, idosos e deficientes.

O vidro é muito resistente, mas suas bordas são sensíveis. O vidro temperado pode estilhaçar por inteiro em segundos com um pequeno impacto em sua extremidade por ser uma área mais sensível ao choque mecânico.

Maior resistência

Geralmente o vidro temperado, material aplicado na maior parte das instalações de box de banheiro, é suficiente para garantir a segurança dos usuários.

Porém, em residências com crianças, idosos e pessoas com dificuldade de locomoção, é possível garantir uma resistência maior com a aplicação de uma película de segurança sobre o vidro.

Assim, em caso de quebra, os fragmentos de vidro ficam retidos nesta película, impedindo que se espalhem pelo banheiro. Também facilita a abertura da porta do box, já que a estrutura, apesar de estilhaçada, fica intacta.

A película pode ser aplicada de ambos os lados e, para garantir sua eficiência, precisa passar por manutenção periódica.

Outra alternativa é o vidro laminado, formado por duas chapas de vidro intercaladas com uma película interna que também retém os cacos, evitando os riscos de corte.

Imagem: São Paulo Box

Instalação correta

Além do vidro adequado, a instalação também precisa ser feita de maneira correta e com produtos de qualidade, como ferragens e materiais para vedação.

O silicone de cura neutra é o que veda melhor. É importante que o instalador faça drenos no lado interno dos perfis para um melhor escoamento da água. As ferragens também precisam ser resistentes à umidade para não enferrujarem e causarem travas no sistema.

É importante que na hora da instalação e nas manutenções sejam colocadas proteção nas bordas do vidro para evitar que o material entre em contato com outro vidro, metais e a própria alvenaria.

Os calços, conforme orienta a norma de box de banheiro, devem ser feitos com materiais que não absorvam água para não apodrecerem com o tempo e perderem seu desempenho.

Cuidados no manuseamento

É importante a instalação de calços entre as chapas de vidro e no contato do vidro com o perfil ou alvenaria. Além disso, é recomendado que manuseamento da porta do box seja feito com suavidade, pois fortes impactos podem provocar a quebra do vidro.

A recomendação é essencial em qualquer modelo de box de banheiro, seja com porta de correr ou de abrir e fechar. Porém, neste último, o cuidado deve ser redobrado e a porta sempre virada para o mesmo lado, geralmente o interno.

Também evite usar objetos pontiagudos para a retirada de etiquetas do vidro, já que o mesmo pode sofrer arranhões, culminado possivelmente na quebra do material. Lembre-se ainda de seguir as recomendações do fabricante descritas no certificado de garantia do produto. 

Imagem: Viminas

Limpeza do box de banheiro

A melhor forma de limpar o box de banheiro é com água e sabão neutro. Produtos químicos ou abrasivos modificam a superfície do material. Você pode também utilizar vinagre e bicarbonato de sódio para remover a sujeira de forma mais intensa.

A limpeza deve ser feita sem esfregar, em movimentos circulares, com buchas e panos macios. A periodicidade recomendada é semanal ou no máximo a cada 15 dias, de acordo com a intensidade de utilização do box de banheiro.

A limpeza periódica evita o surgimento de manchas e sujeiras mais resistentes que demandarão uma maior força para remoção, o que aumentaria as chances de danificar o sistema e causar acidentes.

Uma outra alternativa para evitar que o box de banheiro fique encardido e não necessite de uma limpeza tão intensa é fazer a cristalização dos vidros para criar uma película protetora. O processo preenche os poros do material e evita o acúmulo de poeira, gordura e fungos.

Manutenção periódica

A recomendação para garantir a segurança do box de banheiro é que este passe por uma manutenção a cada 12 meses para verificação de peças que não ficam sempre visíveis, mas podem estar danificadas, como roldanas, dobradiças, guias de nylon e perfis de vedação.

Quando apresentam problemas, as peças geram sobrecarga no vidro, aumentando a chance de quebra. Se antes do vencimento deste período o sistema apresentar travamentos, portas frouxas ou saindo da guia e rachaduras nos vidros, é necessário acionar um especialista para evitar um possível acidente.

Imagem: Ortoponto

Chão escorregadio

O piso escolhido para o banheiro precisa ter boa aderência não ficar escorregadio quando molhado. A água e sabão podem deixar a superfície ainda mais lisa e causar acidentes.

Quedas bruscas sobre o box de banheiro podem provocar, além das lesões pelo próprio tombo, a quebra do vidro, ocasionando machucados e cortes. Em casos de pisos já instalados, a situação pode ser remediada com a colocação de antiderrapantes ou tapetes específicos para a área de banho.

Se há idosos ou deficientes na residência, é recomendada a instalação de barras de segurança para um apoio preciso, assim como cadeiras específicas para banho. Crianças pequenas também precisam ser supervisionadas durante a atividade.

Box de acrílico

Ao contrário do que muitos possam imaginar, o box de banheiro em acrílico não é necessariamente mais seguro que o vidro se não for instalado da maneira correta. O vidro, quando estilhaçado, pode trazer riscos de corte.

O acrílico, em contrapartida, é um material mais rígido, que não quebra com facilidade, mas, caso isso acontece, o vão não é liberado e há o risco do usuário ficar com o braço preso na abertura formada, o que pode tão perigoso quanto um corte com cacos de vidro. 

Cortinas de plástico

Ainda assim, com toda tecnologia disponível e diversas opções de box de banheiro, algumas pessoas com criança em casa optam pelas antigas cortinas feitas em plástico, poliéster ou tecido impermeável.

De fato é a alternativa mais segura, porém, esteticamente não é a mais almejada. Entretanto, o mercado hoje oferece uma infinidade de modelos que se adequam a diferentes banheiros.

Leia também:

9 banheiros para inspirar você na decoração do seu apartamento

Saiba como deixar seu banheiro mais espaçoso

Apartamento entregue com box de vidro

Para facilitar e otimizar custos, o Infini Vila Mariana da Tibério já vem com box de banheiro e chuveiro instalados, uma novidade exclusiva da construtora.

A empresa já faz toda a contratação de profissionais qualificados, que seguem as normas técnicas de segurança, e supervisiona a obra para proporcionar o máximo de facilidade para o cliente.

O empreendimento também já vem com piso, pia e até cooktop, pronto para morar. Conheça mais sobre este e outros apartamentos da Tibério.

Sobre o autor

Avatar

Desde 1964 construindo uma trajetória de qualidade e solidez.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: