Como declarar seu imóvel no Imposto de Renda

1

Declarar imóveis no Imposto de Renda requer muita atenção, por isso separamos algumas dicas que vão ajudar você.

Preencha o campo certo

Bens de imóveis como apartamentos devem estar presentes na ficha Bens e Direitos, com sua descrição na linha 11. Preencha o máximo de informações possível.

Imposto de Renda - Dados do Bem | Tibério Construtora

Valor declarado do bem

Deve considerar apenas a quantia que foi paga pelo imóvel no ato da compra, sem levar em conta se houve valorização e correção monetária.

Diferentes formas de declarar seu imóvel

O ano da compra, a forma de pagamento e a quitação ou venda do imóvel influenciam na maneira de declarar o IR.

Veja como funciona nos principais casos:

Imóvel comprado em 2018 e financiado

Preencha o campo Situação em 31/12/2017 com R$0 e o campo Situação 31/12/2018 com a soma do valor pago na entrada ao valor das parcelas, inclusive os juros, pagos até essa data.

Por exemplo: Comprador deu 200 mil de entrada + 2 mil por mês de Outubro até Dezembro – (200 mil+3×2 mil = 206 mil)

Imposto de Renda - Imóvel financiado 2018 | Tibério Construtora

Imóvel comprado em 2017 e financiado

Colocar na Situação 2018 a soma da Situação de 31/12/2017 com as 12 parcelas pagas ao longo de 2018.

Por exemplo: Situação 2017 de 180 mil + 12x 6mil parcelas de 2018 = 252 mil

Imposto de Renda - Imóvel financiado 2017 | Tibério Construtora

Imóveis comprados à vista em 2018

A Situação 2017 deve ser preenchida com R$ 0 e a Situação 2018 com o valor pago no ato.

Imposto de Renda - Imóveis à vista em 2018 | Tibério Construtora

Imóveis quitados em 2017

Repetir em Situação 2018 o valor encontrado em Situação 2017.

Imposto de Renda - Imóveis quitados em 2017 | Tibério Construtora

Imóveis vendidos em 2018

Declarar em Situação 2017 o mesmo encontrado em 2016.

Em Situação 31/12/2018 deve constar o valor R$0, além do preço da venda e identificação do comprador com nome, CPF e CNPJ.

Exemplo: Situação 2016 – 378 mil

Imposto de Renda - Imóveis vendidos em 2018 | Tibério Construtora

Reformas

Podem estar declaradas com o quanto foi gasto no serviço. Deve ser lançado na mesma ficha de Bens e Direito, porém com sua descrição feita na linha 17- Benfeitorias.

Lembre-se: é importante ter declarado os comprovantes de compras dos materiais da reforma e onde foi feita.

O período de declaração do Imposto de Renda 2019 vai até o dia 30 de abril. É fundamental preencher corretamente para não cair na malha fina.

Sobre o autor

Avatar

Desde 1964 construindo uma trajetória de qualidade e solidez.

1 comentário

  1. Avatar
    José Cordeiro de Araujo on

    Acho um absurdo cobrar IR, pois já pagamos muitos impostos diversos nas compras, vendas e consumos de mercadorias e prestações e contratações de serviços diversos, isto do contribuinte ser obrigado a ficar detalhando a vida financeira dele(a) para ser cobrado IR e para o Estado que só sabe cobrar taxas e impostos caros, etc, do contribuinte e não dá o retorno devido que o contribuinte precisa receber, penso que nem deveria ter IR, no máximo a declaração do bem imóvel e o endereço onde esta localizado seria o suficiente e o Estado é que faça a previsão de quanto vale um imóvel naquela localidade, dai o Estado obriga o contribuinte ficar passando por humilhações e constrangimentos diversos de ficar falando como comprou, como esta pagando, quanto já pagou, etc, o seu patrimônio. Sempre faço a minha declaração de IR corretamente, más não concordo com o pagamento de IR. Esta é a minha opinião, ok.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: